ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
13/06/2011 22h01
ENTREVISTA CONCEDIDA AO ESCRITOR PIAUIENSE ELMAR CARVALHO

DECÁLOGO - ALBERTO ARAÚJO

 

 

http://www.180graus.com/blog-literario/decalogo---alberto-araujo-404253.html  

 

 

 

ANTÔNIO ALBERTO ARAÚJO – (ALBERTO ARAÚJO) Nasceu na cidade de Luzilândia-Pi. Casado com a psicóloga Shirley S. Lopes. Atualmente reside em Niterói-RJ - poeta, escritor, contabilista, professor, e licenciado em letras/português pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI - desde cedo que escreve poesias, contos, etc. tem um vasto conhecimento na poesia lírica, termo que mais o identifica. Já é muito conhecido pelo o Brasil, e parte do mundo, além deste publicou; “Caminhos percorridos Eu e a Poesia- poemas”. Participou da I Antologia dos poetas contemporâneos do Brasil, pela editora In house, livro que foi lançado na Bienal 2010-São Paulo-SP. Breve publicará o seu terceiro, será um romance. Sua poesia tem também característica social e contemporânea. Assina vários sites e blogs. Em seu site oficial conta-se com mais de 90 mil leituras. As maiorias dos seus trabalhos estão sempre sendo divulgado na Internet, para se ter acesso às sua poesia basta acessar os sites/blogs.

 

Site oficial - www.albertaraujo.recantodasletras.com.br

site português: http://www.lusopoemas.net/

blog americano: http://albertaraujo.multiply.com/

 blog: http://albertaraujo.blogspot.com/

blog: http://sitedepoesias.com.br

contato - e-mail: alberto_bacana@hotmail.com

                            a.alberto.sousa@bol.com.br

 

Perguntas formuladas por Escritor Piauiense Elmar Carvalho

em 18-02-2011

 

POR ALBERTO ARAÚJO

1 – Como e quando foi o seu início como leitor de literatura? R - Com certeza Iniciei aos meus dez anos, foi minha professora de Literatura, que me emprestou o livro "O Guarani" de José de Alencar, lembro que li e reli e fiquei fascinado com a história, e depois li "Iracema", esse livro me fascinou ainda mais, desde então me entreguei a literatura de corpo e alma. Digo sinceramente não consigo ir para a cama sem ler algo literário.

2 – Como e quando começou a sua atividade literária? R- há poucos anos, mas desde cedo já escrevia meus textos. E sempre mostrava aos meus amigos. Ainda tenho todos eles digitados, hoje já são mais de três mil textos, entre poesias, contos. Etc.

3 – Teve influências literárias? Se você teve, quais foram essas influências? R - Sim, digamos um pouco, sempre gostei de autores do meu velho Piauí, Mauro Faustino, Torquato Neto, O. G. Rego, (Rio Subterrâneo, simplesmente genial), Lado da Poesia vem, Da Costa e Silva, H. Dobal, Francisco Miguel de Moura, Alcenor Candeira Filho, Rubervan du Nascimento,(esse é meu amigão, no meu livro tem uma poesia para ele), Elmar Carvalho,são tantos... Esses escritores e poetas eu sempre li, mas, todos nem sabiam que eu existia é claro, sempre fiquei no anonimato, nunca apareci publicamente, nunca quis isso, somente no ano de 2008, já com 45 anos, que eu me revelei, No encontro de Literatura de Luzilândia que apresentei meu trabalho. Participei do bate papo do SALIPI, Fiz parte da I antologia do poeta contemporâneo do Brasil, que foi lançado na Bienal de São Paulo de 2010, e agora já está na editora o meu segundo livro solo. E vou fazer parte novamente da II antologia do poeta contemporâneo do Brasil, que será lançado na Bienal do Rio de Janeiro 2011. Agora sou muito conhecido por todo o Brasil, e parte do mundo. Assino vários sites e blogs,

4 – Qual o fato mais marcante de sua carreira literária? R- Quando participei da Bienal- 2010 de São Paulo-SP

5 – Como conseguiu editar seus livros? R - Minhas reservas, poupando cada centavo. Não recebi ajuda de nenhum órgão publico. Então publiquei meu primeiro livro solo, pela Editora SECCO de Florianópolis-SC, do dinheiro que vou vendendo meus livros juntei novamente e agora estou editando o meu outro livro solo, chamar-se-á "Identidade do Sol" - 196 paginas e sairá pela editora ALL PRINT, uma das editoras mais conceituadas de São Paulo, a mesma editora da escritora Maria Teresa Moreira autora de Depressão Surda.

6 – Qual o principal livro e qual o principal texto (conto, crônica, poema, ensaio etc.) de sua autoria? R - "Caminhos Percorridos Eu e a Poesia - Poemas" - ANTONIO ALBERTO ARAUJO - este livro pode ser encontrado no Piauí, na Livraria Piauiense - da Rua Frei Serafim- falar com Jucinéia. O principal texto é "O Rio Parnaíba (Velho monge) pede ajuda" - está na página 175 do livro "Caminhos percorridos Eu e a poesia"este texto fala de um rio sofrido, diante da degradação, dos dejetos que são atirados nele, um texto bastante reflexivo.

7 – Os órgãos oficiais de cultura do Piauí têm cumprido sua finalidade, no tocante à literatura? Comente. R - Ainda tem muito que se fazer pela a Cultura Piauiense, não resta dúvidas que é uma das melhores do Brasil, temos muitos autores bons, tantos veteranos como iniciantes, Há uma deficiência muito grande no incentivo, por exemplo, porque não se coloca nas escolas, uma disciplina que se fale da Literatura Piauiense, digo assim uma disciplina que se aprofunde mais no contexto biográfico, e obras dos autores, fazer disso a cartilha do aluno. Vejo um lado preconceituoso, a velha história que santo de casa não faz milagre, mero engano.

8 – Em relação ao Brasil, que diria da Literatura Piauiense? R - Como iniciei anteriormente, a Literatura Piauiense, é uma das melhores do Brasil, e por que não do mundo. Já que temos tantos talentos.

9 – Que importância atribui à internet na divulgação literária? R - Altamente importante, é aí que se conhece o mundo dos escritores, dos poetas, é aí que se pode ver que todos estão aqui para fazer um mundo mais belo, e retirar dos textos publicados pelos autores as nossas inspirações.

10 – Como e por que se fez literato? R - A poesia para mim é como o ar que respiro, quando não sou o ator principal sou o coadjuvante. A literatura foi e será sempre o meu objetivo na vida, viverei para escrever, viverei para ajudar adoçar um pouco mais a vida.

 

Elmar Carvalho

Nasceu em Campo Maior – PI, em 09/04/56. Poeta, cronista, contista e crítico literário. Juiz de Direito. Bacharel em Direito e em Administração de Empresas. Membro da Academia Piauiense de Letras.

 

 

 


Publicado por ALBERTO ARAÚJO em 13/06/2011 às 22h01
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
18/04/2008 11h28
ENTREVISTA COM ALBERTO ARAÚJO
ENTREVISTA COM O POETA ALBERTO ARAÚJO EM SUA CIDADE NATAL - LUZILÂNDIA-PI

 

 

 

 

ENTREVISTA REALIZADA EM 10-O3-08

 

 

CONCEDIDA AO ALUNO JORGE LUIZ BRITO - 8ª SÉRIE DA UNIDADE ESCOLAR PADRE JONAS PINTO.

 

 

 

 

NOME COMPLETO: Antônio Alberto Araújo de Sous
 
PSEUDÔNIMO: Alberto Araújo
 
DATA DE NASCIMENTO: 23 de Julho de 1964
 
FILIAÇÃO: Mãe: Maria Vicênca de Araújo
 
NATURALIDADE: Luzilândia – PI
 
ESCOLARIDADE: Superior completo (Licenciatura Plena em Letras-Português).

 

ESTADO CIVIL: Casado

 

PROFISSÃO: Escritor, poeta, jornalista, fotógrafo.

 

 

Aluno: - A partir de que Idade e como você descobriu o dom de escrever poesias?
 
Alberto - aos 13 anos

Eu comecei a escrever poesias, pensamentos, mas ficava apenas no meu caderno escolar, mostrava para amigos íntimos e somente.   Então com

35 anos comecei divulgá-las. Acredito que comecei a perceber o meu envolvimento com a arte de escrever poemas com aproximadamente 18 anos.

 

 

Aluno:- Qual o número de poesias já escritas?

 

 

Alberto: 700 foram publicadas no meu site e no meu Blog, mas eu tenho mais umas 100 inéditas. Portanto aproximadamente 800 textos.

 

 

Aluno: - Em que momento você costuma escrever suas poesias?

 

 

Alberto: - A poesia é escrita em qualquer momento, mas os momentos melancólicos são mais inspiradores, acho que pela situação vivida. Parece que tudo ganha mais intensidade. E na reclusão coloco um CD de músicas que gosto e pronto...

 

Aluno: Qual o estilo de suas poesias?

 

 

Alberto: Meus poemas são líricos, por vezes surreais, mas muitos são também sociais, mas as que eu gosto mais de escrever são as líricas, defino-me como um poeta Lírico.

 

 

Aluno: o que você faz com suas poesias após escrevê-las?

 

 

Alberto: A maioria, eu as coloco em meu  Site Oficial
 
 
em meu Blog
 
 
Além destes também publico na coluna do
www.portalluzilandia.com   do qual sou um dos colaboradores.

 

 

Aluno: Você já publicou Livro de poesias?

 

Alberto: tenho 4 livros solos publicados e o restante é participação em antologias.

 

 

Aluno: A sociedade tem conhecimento do seu trabalho poético?

 

 

Alberto: Sim, creio que uma boa parte tem conhecimento, pois estou sempre divulgando no meu site, e também meus amigos comentam com outros e assim por diante. Somente no Recanto das Letras, em um pouco mais de um ano obtive 33.085 leituras até o momento.

 

Aluno: Faça suas considerações finais.

 

 

Alberto: Gostaria de agradecer a você e sua escola, por estarem divulgando nosso trabalho, valorizando o escritor local e digo mais aos jovens que escrevem ou gostariam de fazê-lo: leiam sempre. Peguem uma agenda velha e escrevam nela diariamente, um pensamento, uma frase, uma poesia, um conto, uma crônica, uma situação vivida. E depois de algum tempo verão que já existe ali um começo para o seu lado escritor. A leitura faz a pessoa ser mais culta, e quanto mais culto você é melhores oportunidades tem na vida. Obrigado a todos pela oportunidade.

 

 


Publicado por ALBERTO ARAÚJO em 18/04/2008 às 11h28
 
15/04/2008 09h37
FOTOS DE ALBERTO ARAÚJO

CANTINHO- BRASIL - 2008


Publicado por ALBERTO ARAÚJO em 15/04/2008 às 09h37
 
15/04/2008 09h14
FOTOS DE ALBERTO ARAÚJO

FOTO NO CANTINHO - BRASIL - 2008
LUGAR ACONCHEGANTE
ONDE SE PODE VER A NATUREZA RESPIRAR...
OUVIR O CANTO DOS PÁSSAROS AO AMANHECER.


Publicado por ALBERTO ARAÚJO em 15/04/2008 às 09h14
 
10/04/2008 12h00
SEJA BEM-VINDO

ESTE É MEU RECANTO, 
AQUI ESTÃO MINHAS POESIAS, 
MEUS PENSAMENTOS, 
UM PEDAÇO DE MIM, 


ESPERO QUE GOSTE.
DEIXE SEU COMENTÁRIO.

 

 

ABRAÇOS. ALBERTO ARAÚJO


Publicado por ALBERTO ARAÚJO em 10/04/2008 às 12h00



Página 1 de 2 1 2 [próxima»]